Como criar servidor de Ragnarok (2017-2018) + Vídeo-Aula

Como criar servidor de Ragnarok (2017-2018) + Vídeo-Aula

Introdução – Como criar servidor de Ragnarok?

Vamos lhe mostrar hoje um passo-à-passo de como criar servidor de Ragnarok, vamos lá?

Lembrando que todos os comandos mostrados neste tutorial, você só encontra dentro das hospedagens da PAGLIA HOST para servidor de Ragnarok, para servidores caseiros ou em outras empresas, os comandos podem variar ou até mesmo não existir.

1º Passo – Acessando o SSH (terminal Linux)

Primeiramente, acesse o seu SSH (terminal Linux) com seu usuário e senha fornecidos pela PAGLIA HOST.

2º Passo – Baixando o emulador de sua preferência

Possuímos alguns comandos pré-configurados para que você possa baixar o emulador diretamente do site oficial do mesmo, faça um dos comandos abaixo:

Baixar Cronus – sv baixar-cronus
Baixar brAthena – sv baixar-brathena
Baixar rAthena – sv baixar-rathena

3º Passo – Acessando a pasta do emulador e realizando as permissões necessárias

Para entrar na pasta do seu emulador baixado, realize o comando cd /home/emulador,  logo em seguida realize o comando chmod 777 configure e para finalizar o comando ./configure

Assim você terá dado todas as permissões iniciais para os arquivos e vai te retornar algo desta forma:

criar servidor de ragnarok

4º Passo – Adicionando o seu IP Dedicado nos arquivos de configuração

Para realizar este procedimento, abra o seu FTP e vá dentro da pasta /home/emulador/conf, logo em seguida será necessário que você adicione o seu IP dentro dos arquivos char-server.conf e map-server.conf. Em algumas variações de emuladores, esses mesmos arquivos se chamam char_athena.conf e map_athena.conf.

Onde você encontrar //char_ip, //map_ip e //login_ip, você deverá retirar o comentário destas linhas ficando como no exemplo abaixo:

criar servidor de ragnarok

Lembre-se que você deve deixar sempre as linhas //bind_ip comentadas como no exemplo acima.

Obs.: Não se esqueça de salvar os arquivos e enviar de volta para o seu servidor para que as modificações tenham efeito.

5º Passo – Compilando o seu emulador

Feito os passos acima, agora é a hora de compilar o seu emulador para que ele possa terminar de dar as permissões necessárias para os demais arquivos. Para isso volte até o seu SSH e realize o comando sv compilar-autoconf, aguarde até que o processo seja realizado por completo, ao final do processo, você verá a seguinte tela:

criar servidor de ragnarok

Obs.: Em alguns casos o processo pode demorar alguns minutos. Não interrompa o processo!

6º Passo – Importando as tabelas SQL para o banco de dados (phpMyAdmin)

Feito todos os procedimentos dentro do emulador, agora é hora de importarmos as tabelas SQL para dentro do seu banco de dados (phpMyAdmin), para isso, acesse o seu phpMyAdmin com usuário e senha fornecidos pela PAGLIA HOST.

Logo em seguida clique em “Base de Dados”:

criar servidor de ragnarok

Depois crie um banco de dados com nome de “ragnarok” (sem aspas):

criar servidor de ragnarok

Depois no menu esquerdo, clique sobre o banco de dados criado com nome “ragnarok”:

criar servidor de ragnarok

Na tela seguinte, no menu superior, clique em “Importar”:

criar servidor de ragnarok

E logo em seguida importe as tabelas principal.sql, logs.sql e renovação.sql:

criar servidor de ragnarok

Você precisará realizar este processo para cada tabela, em algumas variações de emuladores, as tabelas vão se chamar main.sql, item_db.sql, item_db2.sql, etc.

7º Passo – Configurando a conexão com seu banco de dados

Após realizar a importação das tabelas SQL, agora você precisará configurar o seu emulador para realizar a leitura do banco de dados, para isso, vá até o seu FTP na pasta /home/emulador/conf e abra o arquivo inter-server.conf, em algumas variações de emuladores este arquivo pode se chamar inter_athena.conf, edite da seguinte forma:

criar servidor ragnarok

Observe que em todas as colunas, além de configurar o usuário e senha de acesso ao banco de dados, é necessário você colocar o nome do seu banco de dados, neste caso, usamos o nome “ragnarok”, caso você use outro nome altere conforme sua configuração.

8º Passo – Ligando o seu emulador

Se você realizou todos os procedimento acima de forma correta, agora chegou à grande hora de ligar o seu emulador, para isso, volte ao SSH e faça o comando sv ligar, se o seu emulador ligou com sucesso, você terá uma imagem semelhante à essa:

criar servidor de ragnarok

Caso queira, você também poderá desligar o seu emulador realizando o comando sv desligar

Assista também em formato de vídeo-aula:

Ou assista diretamente no YouTube: https://youtu.be/88F6_A0_TV8

Viu como é simples criar servidor de Ragnarok?

Qualquer dúvida, entre em contato conosco!

 

Sobre o Autor

Deixar um Comentário